ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

PRECISO DE SEU PERDÃO - POEMA


PRECISO DO SEU PERDÃO

Sei que o que vou dizer é muito despojado
Mas conhecendo quanto é sublime
Sei que irás compreender.
Sei que este molambo pretexto
Não extrai de mim a responsabilidade
Mas vou aventurar na esperança
Que possas entender.
Se o meu gesto
Foi covarde, impetuoso, inconseqüente, cruel, injusto;
Malgrado foi o meu pecado
Em razão de um ciúme alucinado e incontido.
Sei que errei
E o grande culpado foi este amor idolatrado
Que sempre carreguei
Cravado bem dentro do peito.
Nesta hora, exatamente agora,
O meu coração chora...
Chora a sua ausência, a saudade,
A lembrança dos nossos momentos de ternura...
Sei que fui afoito, imponderado, pecador...
Mas pela imensidão desse amor
Suplico, imploro sua compaixão,
Conceda-me seu perdão,
Abra seu coração e deixe-me embrenhar-me
no seu peito
pois não haverá outro jeito
para libertar-me dessa padecida solidão.
Livra-me dessa amargura
Socorra-me
Por Deus...
Preciso do seu perdão.
Roberto P. Acruche

0 comentários:

Quem Sou eu

Eu sou um caso,
um ocaso!
Eu sou um ser,
sem saber quem ser!
Eu sou uma esperança,
sem forças!
Eu sou energia,
ora cansada!
Eu sou um velho,
ora criança!
Eu sou um moço,
ora velho!
Eu sou uma luz,
ora apagada!
Eu sou tudo,
não sou nada!
Roberto P. Acruche

ESCREVA PARA MIM!

rpacruche@gmail.com
Visitas

free counter
Orbitz Cheap Ticket

Visitantes Online