ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

JESUS O SALVADOR


JESUS O SALVADOR

Nasceu de Maria um Menino

numa manjedoura em Belém de Judá.

Diziam ser ele o Divino

que viera ao mundo para nos salvar.

Temendo o poder do Rei Salvador

Herodes o perseguiu...

Precisava ser livrar do Redentor

que com os pais, para o Egito seguiu.

Os tempos passaram e o pobre Menino

profissionalizou-se carpinteiro.

Para cumprir a Sua missão,

tornou-se peregrino...

Em suas andanças

curou velhos e crianças

e mortos ressuscitou.

Morreu na cruz

Mataram Jesus

A Nossa Única Esperança!

Roberto P. Acruche

MEMÓRIA CULTURAL

É com elevada tristeza que estamos vendo a perda da memória cultural de São Francisco de Itabapoana, sem que as autoridades se mobilizem, se empenhem ou mesmo defendam este patrimônio da nossa história. Este casarão centenário, um dos poucos existente no Município, que registra um passado importante, e em razão dessa importância, foi inserido no rol das UNIDADES ESPECIAIS DE PRESERVAÇÃO CULTURAL do Plano Diretor no Art. 49 a 54, começa a cair, a desmoronar sem que qualquer medida seja tomada para a sua recuperação. Lamenta-se por todos os aspectos o descaso com que esses acontecimentos vêm ocorrendo. No ano passado, assistimos a queda do sobrado que existia em frente a este casarão, perdemos a falésia da praia de Lagoa Doce, um dos mais belos cartões postais do Município, mesmo havendo por diversas vezes prevenido as autoridades, e inclusive, nos colocado a disposição e oferecido a mão de obra, para que tal fato não viesse a correr; na cidade, estamos vendo cair uma de suas mais antigas casas. Enfim, um passado histórico que deveria estar sendo preservado, a cada dia vai sendo reduzido. Gargaú, que reúne parte dessa história, nos últimos dois anos já perdeu pelo menos três unidades centenária, sem falar no BARRACÂO que está a mercê da sorte. Em Valão Seco, a qualquer momento, vamos ver ruir uma outra, também listada no Rol das unidades especiais de preservação cultural.





Neste local, onde o muro já está em ruina, desabou no ano passado, um centenário e imponente sobrado. O Município e Gargaú estão perdendo a sua história.

OBRAS DO PARQUE EÓLICO CONTINUAM AVANÇANDO





AS TORRES QUE COMPÕE A LINHA DE PRAIA, NO TOTAL DE CINCO, JÁ ESTÃO PRONTAS.

Provavelmente dentro de uma semana será iniciada a implantação dos postes para a linha de transmissão que será interligada na subestação da AMPLA em Santa Clara. A previsão é que nos mês de junho todo o complexo já estará em funcionamento, testado e pronto para a inauguração. O quadro é muito bonito e a toda hora inúmeras pessoas vem observar de perto e fotografar. Apesar deste blog ser exclusivamente literário, abro o espaço para divulgar a instalação do parque eólico, movido pela alegria e emoção por haver acredidato no projeto, dado a minha contribuição para a sua instalação, inclusive expedindo o alvará de licença para construção. Estou FELIZ!


TRISTE DESTINO

De bar em bar

tentou afogar suas dores

seus ódios e rancores

mágoas, agonias e dissabores...

De bar em bar

buscou encontrar

forças pra viver

motivos pra continuar...

mais um trago beber.

De bar em bar

buscou encontrar um amigo

saíu desiludido

sem ter em quem amparar.

De bar em bar

bebeu...bebeu...bebeu...

desfaleceu

o tempo perdeu

até não mais poder

ir de bar em bar...

Roberto P. Acruche

ROYALTIES PARA SÃO FRANCISCO CONTINUA SENDO UM SONHO!



A injustiça sofrida pelo Município de São Francisco de Itabapoana, quanto à divisão dos royalties, amplamente citada e discutida, vai continuar perdurando enquanto a questão for tratada, apenas visando os interesses políticos e de forma amadora entre pessoas que não têm conhecimento de causa; e debatida na maioria das vezes longe do fórum competente, ou tratada por especuladores e oportunistas que querem tirar proveito do fato. O critério adotado é completamente injusto; todo mundo sabe; e estamos falando sobre o assunto há muitos anos. Os estudos para definição das linhas foram feitos de “sopapo”; já denunciamos isso; o técnico contratado para sua elaboração, professor de importante universidade instalada na cidade do Rio de Janeiro, não teve tempo ideal para a sua realização, mas visível preocupação de atender, provavelmente recomendações, para beneficiar alguns setores. Na verdade, o prejuízo em princípio não estava direcionado ao Município de São Francisco, que na época nem existia, e sim a São João da Barra que durante anos o amargou. Poderíamos ter avançado e muito na questão, no entanto, as indevidas intromissões, com mudanças de rotas, atrapalharam na solução do problema. Enquanto isso; continuamos na estaca zero, e vamos continuar colecionando promessas de certos candidatos e somando essas a dezenas de outras acumuladas por todos esses anos. As modificações dos critérios, independente de estudos, passam por modificações na legislação, o que não interessa aos beneficiados de hoje; e muito menos aos políticos, pois seria trocar “um milhão por um tostão”.

A PRIMEIRA TORRE JÁ ESTÁ MONTADA



VENTO


Sopra vento, sopra...
Faça rodar os cata-ventos
mostra a sua força
a sua energia
dá-se a conhecer;
ponha-se às claras
manifesta
o seu valor
a sua importância.
Venha
com abundância
se exponha;
vença as montanhas
sobreponha as florestas
corte as planícies
sopre a brisa do mar.
Não pare de soprar!
Venha das bandas do sul ou do norte
mostra quanto és forte...
Deslumbra a sua magnificência
movimenta esta máquina
com imponência
faça-a rodar...
Girar, girar... sem parar!

Roberto P. Acruche






As hélices prontas para serem içadas ao topo da segunda torre.

O aerogerador ja colocado

Não preciso dizer da emoção que senti, quando acompanhei todo o procedimento para instalação da primeira torre do Parque Eólico de Gargaú. São dez anos convivendo com cada etapa do projeto, para que hoje, dia 13 de abril de 2010, às 16 horas, pudesse ver instalada a primeira das dezessete torres. Foi como se eu levantasse o troféu da vitória, de uma conquista pessoal. Não estou aqui por acaso ou como mero observador. Os empreendedores, da ECOPAR S.A. - da GESA -Gargaú Energética S.A. e os executores, administradores e coordenadores do projeto, como a MULTI-EMPREENDIMENTOS, sabem o quanto me empenhei e contribui para ajudar a viabilizar o projeto e quanto vibrei a cada momento, desde os primeiros estudos, passando pela instalação da pedra fundamental, a chegada dos primeiros equipamentos; e em especial a cada obstáculo vencido. Toda essa minha empolgação, é poder ver que a minha terra, entra mais uma vez para a história, desta feita como o primeiro município do Estado do Rio de Janeiro a instalar um parque de energia eólica, energia limpa, ecologicamente perfeita, e ainda, sendo este o maior parque eólico da região sudeste do Brasil; e eu pessoalmente, como tantas outras conquistas, também fazer parte desta história.
Foto tirada a distância
A 1ª torre do Parque Eólico de Gargaú já está montada.

80 metros de altura, com mais 40 metros de hélice, 120 metros de altura.
Momento em que eram içadas as hélices.

Levantamento das hélices

O primeiro conjunto de hélices sendo levado para acoplamento no aerogerador já colocado no alto da torre, a 80 metros de altura.

ATAFONA



ATAFONA

Quantas lembranças trago

do mar, das pescarias,

das festas da Penha

de muitos dias de alegrias.

Atafona é mágica, é inspiração, é beleza,

deslumbramento da natureza.

A foz do Paraíba,

a antiga Estação

os carnavais do Atafona,

quanta recordação!

Homenageá-la com um poema

seria uma ousadia,

pois a cada dia,

Atafona,

é uma nova poesia!

Ver o rio beijar o mar

o mar espraiar na areia,

barcos a navegar,

no amanhecer o sol raiar,

a lua no céu surgir...

São imagens tão bonitas

que não podem ser ditas

sem que o peito sinta

o choque da emoção.

Ao invés da poesia

deixo a minha declaração

de amor... De profundo amor

e eterna gratidão!

Atafona é parte da minha vida

é parte da minha história...

E mesmo estando distante

não a esqueço, um só instante,

está esculpida na memória.


Roberto Pinheiro Acruche

NOSSO BLOG RECEBE DIÁRIAMENTE VÁRIOS POEMAS POESIAS E TROVAS VINDAS DE DIVERSOS RECANTOS DO BRASIL

Infelizmente é impossível republicar aqui todos os poemas, sonetos e centenas de Trovas que recebemos e que nos faz possuidor de uma coletânea extraordinária das inspirações de poetas e poetizas que nos brindam com suas poesias.

Súplica
Antonio Manoel Abreu Sardenberg
São Fidélis "Cidade Poema"
Brasil

Quero o acalanto que cala
O clamor do coração,
Eu quero ouvir sua fala
Sussurrando em meu ouvido
Juras de amor e paixão!



Quero o abraço que enlaça,
Como um laço dado em nó,
Eu quero vinho na taça,
Ver você, toda sem graça,
Ser todinha, minha só!



Quero sentir a alvorada
Chegando bem de mansinho
Acendendo o nosso ninho
Ao romper da madrugada!


Quero ouvir a passarada
Pousada nos mangueirais,
Arruaças de pardais
Anunciar novo dia
Com seus cantos matinais!
E nesse exato momento,

Antes que o dia dispare
Suplico em juramento,
Rogo que o tempo pare,
Não acabe nunca mais!


-=-=-=-=-=-=-=-=


FUGA


Zena Maciel
Recife/PE
Brasil


Eu queria dormir e não pensar em nada,
Apagar os pensamentos,
Descansar nas asas do vento,
Fechar as portas do coração,
Não saber quando acordar.
Estou cansada de mim!
Quero entender as dores,
Aceitar suas imposições,
Sorrir da falta do meu sorriso,
Driblar a infelicidade...
Viajar à toa pelo infinito,
Descansar nos travesseiros
macios dos querubins,
Brincar com meus fantasmas,
Conviver com o silêncio dos mortos...
Não pensar no ontem, nem no hoje
e tampouco no amanhã...
Navegar pelo paraíso perdido,
onde o desejo estivesse
ao meu alcance, sem precisar
ficar à procura de nada...
Vagar por entre as nuvens,
Sem nada querer e sem nada perder...
Diluir-me nas asas do tempo,
Encontrar-me com fadas e duendes...
Não me preocupar em saber o que sou,
o que fui ou o que poderei vir a ser...
Queria voar, voar, voar,
até fugir de mim...
Perder -me no infinito de um
sonho e ficar lá para sempre!

-=-=-=-=-=-=-=-=

COMICHÃO DE FRENTE.

Edmar Japiassú Maia/RJ

A Escola evolui com tal agrado,

com as alas perfeitas na harmonia,

que a expectativa pelo resultado

encheu os componentes de alegria...

Na apuração, a nota de um jurado

tornou, porém, a situação sombria,

pois foi-lhe um ponto, sem razão, roubado,

e um sentimento de revolta ardia...

Grudada na TV, a Escola inteira

via, atenta, o “replay” e...de repente,

aparece no vídeo o Zé Coceira

que, agoniado pela comichão,

a desfilar na Comissão de Frente,

coçou “a coisa” em frente à Comissão!

-=-=-=-=-=-=-=-=-=

DISTANTE
Gislaine Canales/SC


A dor
renasce em mim
a cada dia,
quando acordo,
e te vendo
a meu lado,
tento falar-te,
tento tocar-te,
e não consigo,
pois estás
a milhões
de anos-luz
distante
de mim.

-=-=-=-=-=-=-=-=-=-

COE(A)RÊNCIA.

Olympio Coutinho/MG

Quando alguém chegar perto de você

e lhe pedir um abraço

não pense que ele sofre de carências afetivas

ou coisas semelhantes.

Os carentes,

geralmente,

não abraçam ninguém.

Se isolam em mesas de bares,

percorrem as ruas,

se encostam nas esquinas da vida

e se compensam

em noites infernais.


-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-


SE VOLTARES...


Rogaciano Leite/PE

Como o sândalo humilde que perfuma
o ferro do machado que lhe corta,
hei de ter a minh'alma sempre morta
mas não me vingarei de coisa alguma.

Se algum dia, perdida pela bruma,
resolveres bater à minha porta,
em vez da humilhação que desconforta
terás um leito sobre um chão de pluma.

Em troca dos desgostos que me deste,
mais carinhos terás do que tiveste
e meus beijos serão multiplicados...

Para os que voltam, pelo amor vencidos,
a vingança maior dos ofendidos
é saber abraçar os humilhados.


-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=


FUJO


Isabel Passos
Lisboa/Potugal


Fujo. Fujo de ti, fujo de mim.
Fujo da vida, enfim...
Levaste contigo a minha alegria de viver,
a minha força de querer.
Aos poucos estou a morrer vivendo sem viver.
Sigo, bebendo da emoção de amigos queridos,
poucos, muito poucos, mas verdadeiros, leais.
Tão reais que, ainda que haja interrupções ao longo da vida, retomam onde foi interrompida. Sem mágoas, sem rancor,
com amor, respeito, tolerância.
Que neste coração vazio, sem dor,
sem nada, já nem existe a ânsia...
Penso,
penso,
penso nesta clausura, neste isolamento.
Porque me inflijo tal sofrimento.
Não, não lamento, porque é assim que quero estar, porque não tenho a quem amar, porque entre Vida e alegria, sou ninguém. Só, entre meus rabiscos, me sinto bem.
Porque não estás lá, também?
Por onde andas amor?
Porque te escondes?
Mostra-te por favor!
Não me deixes assim, sem vontade de mim.
Sem vibrar de sentimento...
Acaba por ser um tormento assim viver,
lentamente a fenecer.
Não existe maior dor que ter uma vida para viver, vê-la passar como mero espectador, porque foge ao auto controlo a vontade de querer outra coisa qualquer...
2010/03/23

-=-=-=-=-=-=-=--=-

EU SOU PARADOXAL.

Miguel Russowsky|SC

Eu não posso levar uma vida tranqüila

por ser paradoxal. E digo sem receio

que rezo sem ter fé, para um Deus que não creio.

Duvidar me faz bem, mas também me aniquila.

Por ser paradoxal, minha vivência oscila,

entre inferno bonito e o paraíso feio.

Há pecados demais com virtudes no meio.

No esplendor de meus sois, luz alguma cintila.

Por ser paradoxal, sempre fiz da esperança

uma idéia gentil perpetuamente em guerra,

que, sem se definir, recua quando avança.

Felicidade , a minha, eu juro que consiste,

durante esta fugaz passagem pela terra,

em ser um palhacinho alegremente triste.


-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=


A BELEZA DA VIDA.


João Justiniano/BA


A beleza da vida está na própria vida,
nas flores do jardim, no fruto do pomar.
No amanhecer do dia, o sol vindo do mar,
ou da várzea, da serra - eterno na subida.


A beleza da vida está no conjugar
os rios, a floresta, e a comprida avenida...
Pista e velocidade, os pneus a rolar!
Ou, no espinho e na rosa? Ou na idade vivida?

A beleza da vida – o homem no trabalho,
no campo ou na cidade. A enxada. A pena. O malho.
Mover de sonho e fé, de luz, de cabedais.

A beleza da vida – o todo na impulsão
de tudo que se move. O amor, o coração...
O destino da paz, a paz. A íntima paz!


-=-=-=-=-=-=-=-=-=-=


ODE A BERNARDO TRANCOSO.

Clarisse Barata Sanches/Portugal

Bernardo Trancoso, Poeta brilhante!

Merece os aplausos que lhe são devidos,

por ter na Internet lá sítio importante,

aonde possamos ser mais conhecidos!

Lugar de recreio... e acariciante,

de lindos sonetos de amor revestidos;

seu estro inspirado, superabundante,

é de ouro aquarelas e sonhos queridos!

Um dia, a passeio, me surge o jardim...

e logo a minha alma pulsou de carinho,

ao ver ali Anjos cantando pra mim!...

Estrofes luzentes, entre elas caminho...

sonetos tão belos! Sonetos sem fim!

Bem-haja, Bernardo, por este cantinho!

MARIA

MARIA

Maria Mãe
Maria Mulher
Maria Santa
Maria de Nazaré

De Ti nasceu o Jesus Menino
De Ti nasceu o Salvador
De Ti nasceu o Nazareno
De Ti nasceu o Redentor

Contigo nasceu o Cristianismo
Sofreste com a crucificação
Deste o fruto do Amor
Jubilou-se com a ressureição.

Maria Mãe Amantíssima
Maria Mãe Venerada
Maria Mãe de Deus
Maria Mãe Adorada

Aos vossos pés levo a prece
Pedindo-lhe graças e proteção
Mãe de Misericórdia me proteja
Purifique o meu coração.

Roberto Pinheiro Acruche

AS TORRES DO PARQUE EÓLICO DE GARGAÚ

Foi iniciada a instalação das torres do Parque Eólico de Gargaú em São Francisco de Itabapoana-RJ . As primeiras estão localizadas na linha da praia, num total de cinco, e outras doze serão erigidas na área oposta. Os possantes guindastes, quando em funcionamento, atraia a atenção dos que transitavam pela RJ-196, parando seus veículos para assistir a operação extremamente cuidadosa e técnica. Eu particularmente, vibro a cada etapa, pois além de haver acreditado no empreendimento, indiquei a localização, concedi a licença de construção, quando secretário municipal de planejamento e obras, além de assessorar a empresa em outros importantes momentos, fundamentais para viabilização do projeto. A minha felicidade divide-se na conquista municipal e por fazer parte de mais um capítulo da história da minha terra, que também faz parte da história do Brasil. Repetindo o que já foi postado, cada uma das torres terá 80 metros de altura, sustentará um aerogerador com três hélices de 40 metros de extensão. Possivelmente no início de maio já estaremos assistindo as primeiras unidades concluídas.







Quem Sou eu

Eu sou um caso,
um ocaso!
Eu sou um ser,
sem saber quem ser!
Eu sou uma esperança,
sem forças!
Eu sou energia,
ora cansada!
Eu sou um velho,
ora criança!
Eu sou um moço,
ora velho!
Eu sou uma luz,
ora apagada!
Eu sou tudo,
não sou nada!
Roberto P. Acruche

ESCREVA PARA MIM!

rpacruche@gmail.com
Visitas

free counter
Orbitz Cheap Ticket

Visitantes Online