ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

ROBERTO ACRUCHE REELEITO POR UNANIMIDADE PRESIDENTE DA ACADEMIA PEDRALVA LETRAS E ARTES


Os membros efetivos da Academia Pedralva Letras e Artes em reunião realizada neste 14/11/2015 reelegeram o Acadêmico ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE, por unanimidade, para exercer mais um mandado na presidência da instituição. Vice-Presidente: José Gurgel dos Santos; Secretário: Carlos Augusto Souto de Alencar; Sub-Secretário: Thelmo Albernaz; Tesoureira: Vitória Rangel e 2º Tesoureira  Ana Lúcia Rodrigues Gomes e Diretor de Patrimônio: Aldiney de Souza Sá; Diretora Social e de Eventos: Gleyde Costa; Diretor Cultural: Herbeson Freitas. 

Pelo brilhante trabalho a frente da instituição literária e cultural, Roberto Pinheiro Acruche, tem recebido muitos aplausos e congratulações. A Academia tem realizado em sua gestão grandes eventos e importantes participações.

POEMA + TROVA




VIOLEIRO APAIXONADO
                                                                               Autor: Roberto Pinheiro Acruche

Sob a luz de um lampião
colocado sobre uma mesa
de madeira nobre,
porém pequena,
onde também tinha um ramo de flor,
ouvia cantigas de amor
de um violeiro solitário
exaltando sua paixão.

Sentado num banquinho humilde
que ficava no canto da sala,
dedilhava sua viola
sonorizando a noite
escura lá fora,
onde os pirilampos
faziam refletir sua luminosidade
num pisca-pisca ritmado,
como se acompanhasse a melodia
do violeiro apaixonado
que não tirava da imaginação
a sua cabocla
a mais bonita daquela região.

Morena de olhos negros,
cabelos longos, caídos pelos ombros,
corpo fascinante,
cheiroso como a flor do campo;
lábios sedutores...

O solitário violeiro morria de amores;
sonhava abraçar aquela trigueira
rolar com ela na esteira
esbanjar todo o anseio
tocar em seus seios
fazê-la sentir no peito
todo o efeito
que jorrava de seu coração.

A moreninha linda e faceira,
lá distante,
em seu casebre
não escutava
quando o violeiro cantava
e a viola chorava
com os versos entoados:








PROJETO RESGATA A HISTÓRIA CULTURAL DE SÃO FRANCISCO DE ITABAPOANA

Projeto resgata história cultural de São Francisco

Está acontecendo em São Francisco de Itabapoana, ao longo desta semana, um projeto de ensino continuado da Secretaria Municipal da Educação e Cultura (SMEC), que tem como objetivo o resgate à memória cultural do município. As dinâmicas estão sendo realizadas nas escolas da rede municipal e contam com ajuda dos alunos...

Para completar o quadro do projeto também é realizada uma palestra sobre a história do município, ministrada pelo poeta e historiador Roberto Pinheiro Acruche, membro da Academia Pedralva de Letras e Arte de Campos dos Goytacazes.


AGRADEÇO O CONVITE DA ESCOLA MUNICIPAL Prof . DALRIA MARIA MACEDO (GARGAÚ) ATRAVÉS DA PROFESSORA MARINETE,OLIVEIRA, O CARINHO DA RECEPÇÃO, SAÚDO A SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO KÁTIA REGINA SANTOS E TODA EQUIPE, A DIRETORA DA ESCOLA PROFESSORA PATRÍCIA, DEIXO O MEU ABRAÇO AOS DEMAIS PROFESSORES, ALUNOS E DIZER QUE FIQUEI MUITO FELIZ . AGRADEÇO A LUCIENE TAVARES E FLORI FERNANDES PELA REPORTAGEM E FOTOS.







CENTENÁRIO DE SIMÃO MANSUR

 Simão Mansur – Nascido em  05 de novembro de 1915 e falecido em 13 de maio de 1978. Foi deputado estadual nas legislaturas de 1954 a 1966, sendo 2º secretário em 1958 e 1º vice-presidente em 1960; foi vice-governador. Teve seus direitos políticos cassados pelo regime militar em 1964. Fazendeiro (Fazenda S. Pedro – atual S. Francisco de Itabapoana), empresário da navegação (Navegação Mansur Ltda.
SIMÃO NO EXECÍCIO DE SEU PRIMEIRO MANDATO DE DEPUTADO ESTADUAL


Uma das marcas do grande homem é causar impressão duradoura nas pessoas. Outra é ter, ao longo da vida, agido de tal forma que o curso dos acontecimentos tenha sido permanentemente afetado pelo que ele fez.
Simão Mansur foi vereador,deputado e vice-governador do Estado do R.J.
"Abraçava os problemas da terra e dos outros como se fossem dele"


DISCURSO NA ASSEMBLÉIA EM 1959


       SIMÃO MANSUR - Em torno de 1940 começava sua atividade de próspero armador; o Senhor Simão Mansur, com 25 anos de idade, fundando em Barra do Itabapoana a Sociedade Comércio, Indústria e Navegação.
       Tornou-se um dos homens públicos de maior destaque desta região, foi vereador, deputado estadual com vários mandatos e Vice-Governador, mandato que não pode concluir em razão do ato de cassação que lhe foi imposto pelo regime militar vigente por força da revolução de 31 de março de 1964.
      Era um líder nato, popular, determinado, destemido, que soube conquistar a amizade e o respeito de muitos.
      Sua imortalidade esta gravada no Município de São Francisco de Itabapoana através da denominação do Plenário da Câmara Municipal, de trecho da Estrada RJ-224 e de uma das Ruas no centro da cidade.

Completaria hoje 100 anos de idade.

"Como historiador, deixo aqui este registro e minha homenagem."

ACADEMIA PEDRALVA DE LETRAS EMPOSSA NOVO ACADÊMICO

Roberto Pinheiro Acruche, presidente da Academia Pedralva Letras e Artes, dá posse ao novo e talentoso poeta Ronaldo Henrique Barboda Junior que passa a ocupar a Cadeira nº 14

O novo acadêmico Ronaldo Henrique Barbosa Junior quando fazia o juramento solene
Ronaldo empossado novo titular da Cadeira 14 da Pedralva

Quem Sou eu

Eu sou um caso,
um ocaso!
Eu sou um ser,
sem saber quem ser!
Eu sou uma esperança,
sem forças!
Eu sou energia,
ora cansada!
Eu sou um velho,
ora criança!
Eu sou um moço,
ora velho!
Eu sou uma luz,
ora apagada!
Eu sou tudo,
não sou nada!
Roberto P. Acruche

ESCREVA PARA MIM!

rpacruche@gmail.com
Visitas

free counter
Orbitz Cheap Ticket

Visitantes Online