ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

PAVILHÃO LITERÁRIO DE CULTURA PUBLICA TROVA DE ROBERTO ACRUCHE, ENTRE TROVAS, DE ALGUNS DOS MAIORES TROVADORES DO BRASIL

Balaios de Trovas I
O grande tenor se cala
ante o pássaro silvestre.
– É o discípulo de gala
querendo escutar o mestre!
A. A. de Assis – PR


Tem visita que aconchega,t
em outra que não me atrai;
não empolga quando chega...
mas alegra quando sai!
Ademar Macedo – RN


De ciúmes ela delira,
diante da realidade:
por um amor de mentira,
mata um amor de verdade...
Aparício Fernandes


O café que aquece as almas
e adoça nossas lembranças
merece todas as palmas:
companheiro de esperanças.
Carmem Pio - RS


Sou mais alta que esse morro,
mais vasta que aquele mar.
Há muito que me percorro
sem me poder encontrar.
Cecília Meireles


Teus olhos, contas divinas,
por falsos, minha alma os teme.
– São iguais às turmalinas
no destino de Paes Leme...
Célio Grünewald


Por te amar a vida inteira
e assumir esta postura,
o meu amor é fronteira
Entre a razão e a loucura.
Clênio Borges – RS

Soltei o teu nome ao vento...
e o vento, só por maldade,
repete a todo momento
o nome desta saudade.
Conceição Abritta – MG


Da singeleza eu me ufano,
da minha rua escondida,
que tem mais calor humano
que a mais central avenida.
Conceição de Assis – MG


Depois de longa ciranda,
por todo o céu a vagar,
é aqui. na minha varanda,
que a lua vem madrugar.
Darly O. Barros – SP


Poetas mantêm acesa
a chama do amor fecundo,
minimizando a tristeza
e as dores cruéis do mundo.
Djalma Alves da Mota – RN

Vou vivendo a minha vida,
bem feliz no meu mister;
sigo de cabeça erguida,
pois sou poeta e mulher!
Domitilla B. Beltrame – SP


Meus pobres sonhos, tão fracos,
a vida em escombros fez,
mas, teimosa, eu junto os cacos,
e eis-me a sonhar outra vez!
Dorothy J. Moretti – SP


Nos seus encontros ousados
junto da velha porteira,
esperava os namorados:
hoje ela espera a parteira!
Edmar Japiassú Maia – RJ

Nas curvas do desalento,
quando a paixão me convida,
eu largo a velhice ao vento
e bebo o sopro da vida!
Eduardo A. O. Toledo – MG

Sejamos leais amigos
com esta obra de Deus,
conservando sem castigos
os teus direitos e os meus
Fahed Daher – PR


O nosso sonho termina
num adeus triste, exaltado,
deixando no chão da esquina
o teu retrato rasgado!
Fernando Câncio – CE


Olhando o mar, eu diviso
a areia branca a esperar
um beijo feito sorriso,
que as mansas ondas vêm dar!
Gislaine Canales – SC

Teu retrato desbotado,
num canto velho e sozinho,
são resquícios do passado
das pedras do meu caminho.
Gutemberg Liberato – CE


A escolha que fiz um dia
é prece que se renova,
quando faço da alegria
matéria-prima da trova.
Ieda Lima – RN


Queria dar-te um abraço
e só não foi desta vez...
por culpa deste embaraço
que me causa timidez!
Istela Marina – PR


Carteiro, ao fazer a entrega
das cartas, de porta em porta,
o pranto e o riso carrega
nos segredos que transporta.
Jacy Pacheco


No meu humilde viver
a solidão é tamanha
que só me falta perder
a sombra que me acompanha.
J.C. de Lery Guimarães


Após muitos desenganos
e conselhos não ouvidos,
chego ao final dos meus anos
sem ter meus dias vividos...
Jessé Nascimento – RJ

Aquele que não respeita
o tempo, na semeadura,
certamente na colheita
não terá fruta madura.
João B. Xavier Oliveira – SP

Se julgas coisa bonita
andar na frente, eu destaco:
quem vai atrás sempre evita
cair no mesmo buraco!
José Fabiano – MG–

Doce flor que desabrocha
perfumando seu cantinho,
envolvendo toda rocha
com doçuras e carinho.
José Feldman – PR


Se a vida, nos rios, nada;
nos galhos, brinca e balança,
podemos plantar na estrada
um novo pé de esperança.
José Lucas - RN

Terá o amor senda fácil?
Difícil é seu cultivo;
tal e qual um jardim grácil,
pede um jardineiro ativo.
José Marins - PR


Quem vem lá? Pelo alarido
ela sabe, rapidinho:
se o cão latir, é o marido;
se fizer festa... é o vizinho!
José Ouverney – SP


Anseio, na noite calma,
seu retorno, sem tardança;
pois, se a sedução tem alma
,ela se chama esperança!
José Valdez C. Moura – SP
Da incerteza eu tiro o véu ,
chego a flutuar no espaço...
Avisto a porta do céu
quando ganho o teu abraço!
Lucília Decarli – PR


Quem não se importa onde pisa,
na escalada desta vida,
sobe muito mas desliza
e escorrega na descida.
Luiz Hélio Friedrick - PR


Sempre que amanhece o dia,
teu sorriso me acompanha.
Com sua vidade e harmonia,
me envolvendo, ele me apanha.
Marah Teresinha de Souza – SC


A escuridão, por mais densa,
também nos traz coisas belas:s
em luz se ama, se pensa,
dá-se mais valor às velas.
Maria Eliana Palma – PR

Vou cumprir a minha sina:
– Não pode ter recaída...
Pois teu sorriso elimina,
As mazelas desta vida!
Maria Luiza Walendowsky – SC


Embora o dia me açoite
com seus barulhos brutais,
lá no silêncio da noite...
a solidão bate mais!
Maria Madalena Ferreira – RJ


Velho bilhete... lembrança
de um amor que não foi meu...
Um pedido de esperança
que a vida não respondeu...
Marina Bruna – SP

A vingança do chulé
não lavado há vinte dias
é deixar meias em pé
mesmo que estejam vazias.
Miguel Russowsky – SC


O melhor amigo, em tudo,
de atitude sempre pronta,
nos quer bem, e não é mudo:
nossos erros nos aponta.
Nei Garcez – PR


Orgulho é a bola de neve
que vai, em diário exercício,
levando o infeliz, de leve,
às bordas de um precipício.
Nilton Manoel - SP


Trabalhando sob o orvalho,
capinava o seu trigal,
enquanto o amigo espantalho
vigiava-lhe o embornal.
Olga Agulhon – PR


Eu não lamento a saudade
que a tudo invade, porque
é tão bom sentir saudade,
quando a saudade é você!
Olympio Coutinho – MG

Vós que andais em ânsias loucas
matando a sede às paixões,
não junteis as vossas bocas
sem unir os corações!
Osmar Barbosa


O que dói na minha idade
não é ver próximo o fim;
é ver que mesmo a saudade
já se despede de mim...
Osório Dutra

Passei uma tarde inteira
ouvindo discursos, mas...
é melhor ouvir besteira
do que ser surdo, rapaz!...
Osvaldo Reis – PR


De que vale o meu protesto
se manténs, em tuas mãos,
o poder de, a um simples gesto,
cortar o “til” dos meus nãos!
Otávio Venturelli – RJ

O alfaiate Zé Lucena,
perseguindo um sonho eterno
,vive sempre atrás da sena,
mas, coitado, só faz terno...
Pedro Ornellas – SP

Muita gente se parece
com o vaga-lume, também:
– Seu brilho só aparece
onde não brilha ninguém.
Peri Ogibe Rocha

Carícia mais eloqüente
que meu coração aprova
é te dar um beijo ardente
nos versos da minha trova!
Renato Alves – RJ


Sou rio, minha querida,
correndo para o seu mar,
para adoçar sua vida
com pena de me salgar.
Roberto Acruche – RJ


Minha mãe era tão bela,
alva, de olhos tão azuis,
que o povo dizia a ela:–
Senhora, cadê Jesus?
Rodolfo Coelho Cavalcante


Ao que pede, à tua porta,
dá, também, tua afeição!
Um pouco de amor conforta
mais que um pedaço de pão!
Rodolpho Abbud – RJ

0 comentários:

Quem Sou eu

Eu sou um caso,
um ocaso!
Eu sou um ser,
sem saber quem ser!
Eu sou uma esperança,
sem forças!
Eu sou energia,
ora cansada!
Eu sou um velho,
ora criança!
Eu sou um moço,
ora velho!
Eu sou uma luz,
ora apagada!
Eu sou tudo,
não sou nada!
Roberto P. Acruche

ESCREVA PARA MIM!

rpacruche@gmail.com
Visitas

free counter
Orbitz Cheap Ticket

Visitantes Online