ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

51º JOGOS FLORAIS DE NOVA FRIBURGO

Cada ano os Jogos Florais de Nova Friburgo são uma nova festa de ternura e sonhos.
São cinquenta e um anos consecutivos que a cidade friburguense se une, e inteira, aguarda a chegada dos trovadores, que vindo de todas as partes do Brasil e até do exterior, comparecem para a festa literária, de confraternização e cultura.
Em Nova Friburgo, as autoridades, empresários, industriais, comerciantes, de todas as parcelas de trabalho e, em especial, uma grande comunidade cultural e artística que se unem para realização dos Jogos Florais e recepcionar o trovadores visitantes com o maior carinho.
A UBT- União de Trovadores de Nova Friburgo, presidida pelo magnífico trovador Rodolpho Abbud, tendo como Vice-Presidente de Administração - Dilva Maria Moraes, Vice-Presidente de Finanças - Clenir Neves Ribeiro, Vice-Presidente de Relações Públicas - Elizabeth Souza Cruz, Vice Preseidente de Cultura - Joana D'Arc da Veiga, Secretária - Denise Cataldi e Assessor de Imprensa - Sérgio Bernado, fazem história, cultura, e com um trabalho incansável faz de Friburgo a cidade da Trova, da Poesia, da Arte e da Cultura.
A UBT Nacional - União Brasileira de Trovadores - a mais ramificada entidade literária do País, tem chegado a quase todos os Estados e a dezenas de cidades; tem se empenhado para que os Jogos Florais que atualmente são realizados em muitas delas, possa ser um exemplo, e Nova Friburgo é um deles, para que os Municípios que ainda não cultuam os Jogos Florais, possam adotá-los, pois certamente estarão construindo o alicerse e patrimônio cultural de sua gente.
Esse prazer nos renova,
afirmava sempre assim,
na batalha pela trova
Nádia "Gerreira" Huguenin.
Autor- Roberto Pinheiro Acruche.
(Esta trova homenageia a saudosa e verdadeiramente uma guerreira pela trova)
A Apresentação do Ballet foi um Show
O Teatro Municipal de Nova Friburgo ficou lotado para assistir

Desfile e eleição da Musa

Roberto Acruche, Maria Madalena Ferreira e Maria Tehereza (MAGÉ-RJ)

Na Praça dos Trovadores Roberto Acruche apresenta a Bandeira de São Francisco de Itabapoana-RJ

Roberto Acruche e Pedro Mello (São Paulo-SP)
Se a vida, em seus embaraços,
faz minha vida ser triste,
busco prazer em teus braços...
... e esqueço que a vida existe!
Pedro Mello-SP
Roberto Acruche (São Francisco de Itabapoana-RJ) na Cantina do Júlio Tozzoni, adornada por trovas, as mais belas poesias em quatro versos.
A Vida, além de um prazer,
é a chance que a gente tem
de, mais que apenas viver,
ser luz na vida de alguém.
AAde Assis-Maringá-PR
Otávio Venturrelle, Gilvan Carneiro, Dilva Maria de Moraes e Roberto Acruche
Neste mundo tão mesquinho,
é um prazer ouvir a voz
de quem faz o bem sozinho,
mas usa o pronome "Nós".
Vanda Fagundes Queiroz - Curitiba-PR

Roberto Acruche e Roosevelt Concy - Secretário de Cultura de Nova Friburgo
De compromissos te esquivas
mas é fácil de notar,
que o prazer do qual me privas
vive escrito em teu olhar...
Analice Feitosa de Lima - São Paulo-SP
Roberto Acruche com o estandarte da UBT de São Francisco de Itabapoana-RJ
Quem segue, apenas querendo
ver o porto de chegada,
nem sabe que está perdendo
o prazer de olhar a estrada!
Vanda Fagundes Queiroz-Curitiba-PR

Ruth Nacif ... Roberto Acruche e Maria Madalena Ferreira na solenidade de premiação.
Esse meu amor de outrora
que viví na mocidade,
é prazer que ainda mora
nos desejos da saudade.
Sebas Sundfeld- Tambaú-SP
As Musas dos Jogos Florais
As mentiras bem montadas
que medizes com prazer,
são algemas desgastadas
que eu teimo em não desprender!
Alba Cristina Campos Neto -São Paulo-SP
A Musa dos 51º Jogos Florais as Trovadoras Elizabeth Souza Cruz e Dilva Maria de Moraes e o Magnífico Trovador, Presidente da UBT-Nova Frburgo Rodolpho Abbud

Seu beijo me dá prazer,
me faz perder o juizo...
Eu nem preciso morrer
para entrar no paraiso!.
Istela Marina Gotelipe - Bandeirantes-PR





Roberto Acruche e a Premiadíssima Trovadora Wanda Paula Mourthé - Belo Horizonte-MG.

Desespero mais certeiro

neste mundo errado e torto,

é o coitado do coveiro

não ter onde cair morto...

João Paulo Ouverney - Pindamonhagaba=SP

0 comentários:

Quem Sou eu

Eu sou um caso,
um ocaso!
Eu sou um ser,
sem saber quem ser!
Eu sou uma esperança,
sem forças!
Eu sou energia,
ora cansada!
Eu sou um velho,
ora criança!
Eu sou um moço,
ora velho!
Eu sou uma luz,
ora apagada!
Eu sou tudo,
não sou nada!
Roberto P. Acruche

ESCREVA PARA MIM!

rpacruche@gmail.com
Visitas

free counter
Orbitz Cheap Ticket

Visitantes Online