ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

AUSÊNCIA - POEMA (PELO DIA DA POESIA 14 DE MARÇO)


AUSÊNCIA

A tua ausência transforma a noite em um suplício,

faz a formosura da lua desaparecer no infinito

e as estrelas no céu perderem o brilho.

A solidão minha constante companheira

cresce no silêncio que constrói um assombroso vazio, enquanto as canções evolucionam a saudade.

E não há como se esquecer do passado

quando a caminhada era ornamentada

pela beleza das flores e perfumada em todos os momentos...

Mesmo quando a natureza disseminava as tempestades, com chuvas, trovões e ventos.

A brisa tinha a fragrância dos lírios

e os teus suspiros eram o meu alento.

A tua ausência, sentida nesse momento,

quando o pensamento

é todo reservado a ti,

faz explodir no peito a angústia

dessa solidão que abruma

ainda mais, essa noite triste e vazia.

Roberto Pinheiro Acruche

0 comentários:

Quem Sou eu

Eu sou um caso,
um ocaso!
Eu sou um ser,
sem saber quem ser!
Eu sou uma esperança,
sem forças!
Eu sou energia,
ora cansada!
Eu sou um velho,
ora criança!
Eu sou um moço,
ora velho!
Eu sou uma luz,
ora apagada!
Eu sou tudo,
não sou nada!
Roberto P. Acruche

ESCREVA PARA MIM!

rpacruche@gmail.com
Visitas

free counter
Orbitz Cheap Ticket

Visitantes Online