ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

OTÁVIO VENTURELLI - UMA CARTA

Nesta foto: Rodolpho Abbud, Pedro Ornelas, OTÁVIO VENTURELLI (camisa verde ao meu lado) e Roberto Acruche
Foi com alegria que recebi do amigo Otávio Venturelli, o qual, eu não vejo desde setembro de 2007, uma carta, e em anexo "Histórias que a Saudade Ainda me Conta", de sua autoria.

Primeiro é preciso ressaltar que o Otávio é um dos expoente da literatura fluminense, autor de diversos livros, magnífico trovador e poeta. Tenho em minha biblioteca, e não canso de ler seus notáveis sonetos. (Histórias que a saudade ainda me conta) É a história de José Venturelli Sobrinho, pai do Otávio, passada na cidade mineira de Maria da Fé. José Venturelli foi General do Exercito, Engenheiro Civil, poliglota, (falava fluentemente, o Árabe, Italiano, Francês, Espanhol, Inglês e ainda o Esperanto. Foi presidente da Academia Brasileira de Belas Artes, escreveu vários Livros de Poesia, Peças Teatrais; é autor da Canção do Regimento Sampaio (1º RI) cantada na tomada do Monte Castelo, na Itália, sendo agraciado com o título de "Oficial Honorário de Infantaria"; recebeu do governo Italiano a "Comenda de Cavaleiro"; tinha a medalha de honra, de ouro, por "Ato de Bravura". Um curriculum de fazer inveja e de deixar orgulhosos os seus filhos.

Meu amigo, Otávio, reside em Cascatinha, na cidade de Nova Friburgo-RJ.

Me orgulho de ser seu amigo!... E registro isso com muita honra.

2 comentários:

Cirs 23 de março de 2009 18:42  

Prezado Sr. Roberto Arouche,
Sou bibliotecária-chefe do Centro de Memória Fluminense da UFF. Estamos pesquisando a vida literária de Niterói, nas décadas de 20 a 40, à partir do poeta e militar Lourenço Araujo(1896-1967).
Gostaríamos que nos ajudasse a entrar em contato com o Sr. Otávio Venturelli, pois estamos interessados no livro que escreveu sobre o seu pai, o também poeta e militar José Venturelli Sobrinho, que foi amigo de Lourenço Araujo. Certamente ele poderia nos ajudar com informações sobre sua participação nas rodas literárias da nossa cidade.
O e-mail do Centro de Memória Fluminense é: cmf@ndc.uff.br.
Agradeço a atenção que puder ser dispensada ao nosso pedido.

Maria José da Silva Fernandes
Centro de Memória Fluminense
Universidade Federal Fluminense

Cirs 23 de março de 2009 18:42  

Prezado Sr. Roberto Arouche,
Sou bibliotecária-chefe do Centro de Memória Fluminense da UFF. Estamos pesquisando a vida literária de Niterói, nas décadas de 20 a 40, à partir do poeta e militar Lourenço Araujo(1896-1967).
Gostaríamos que nos ajudasse a entrar em contato com o Sr. Otávio Venturelli, pois estamos interessados no livro que escreveu sobre o seu pai, o também poeta e militar José Venturelli Sobrinho, que foi amigo de Lourenço Araujo. Certamente ele poderia nos ajudar com informações sobre sua participação nas rodas literárias da nossa cidade.
O e-mail do Centro de Memória Fluminense é: cmf@ndc.uff.br.
Agradeço a atenção que puder ser dispensada ao nosso pedido.

Maria José da Silva Fernandes
Centro de Memória Fluminense
Universidade Federal Fluminense

Quem Sou eu

Eu sou um caso,
um ocaso!
Eu sou um ser,
sem saber quem ser!
Eu sou uma esperança,
sem forças!
Eu sou energia,
ora cansada!
Eu sou um velho,
ora criança!
Eu sou um moço,
ora velho!
Eu sou uma luz,
ora apagada!
Eu sou tudo,
não sou nada!
Roberto P. Acruche

ESCREVA PARA MIM!

rpacruche@gmail.com
Visitas

free counter
Orbitz Cheap Ticket

Visitantes Online