ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

ROBERTO PINHEIRO ACRUCHE PROCLAMADO INTELECTUAL DO ANO DE 2014.

MEUS AMIGOS TROVADORES


Imene
Sabiá da minha terra,
Por que vem cantar aqui?
Não sabe seu canto encerra
Saudades de onde vivi?...

Sonho Azul
O que eu não quero é morrer
quero ser doce lembrança
sempre que eu merecer
Te encontrar feito criança


Bete e Saul
Nas rimas quanta saudade,
De tão triste até chorei,
és uma grande verdade...
Tão pouca vida te dei.

Claret
Se eu pdesse voltar à infância
Nem que fosse por um dia
Abraçaria a inocencia
e nunca mais a soltaria.



Marilu
Tua voz é melodia,
com bemóis e sustenidos,
a mais perfeita harmonia
a encantar meus sentidos.


Lourdes
Na madrugada, tristonho,
Sem sono o jovem medita
A vida é um grande sonho,
Feliz quem nele acredita.

Kelly Feliz
Por capricho do destinote
encontrei tarde demais
Sou badalo, voce o sino
sou a moca, tu es o rapaz.


Ilnea Paes Miranda
Amor eu estou morrendo
de saudades de você
amor, eu só estou vivendo,
de amor por quem não me vê.


Gilson
O tamanho do meu sonho
não se mede em comprimento
mas nos versos que componho
na medida do lamento...


Dete
Na semeadura errada
Você cultivou espinho,
mas hoje, em triste jornada,
anda descalço e sozinho.

0 comentários:

Quem Sou eu

Eu sou um caso,
um ocaso!
Eu sou um ser,
sem saber quem ser!
Eu sou uma esperança,
sem forças!
Eu sou energia,
ora cansada!
Eu sou um velho,
ora criança!
Eu sou um moço,
ora velho!
Eu sou uma luz,
ora apagada!
Eu sou tudo,
não sou nada!
Roberto P. Acruche

ESCREVA PARA MIM!

rpacruche@gmail.com
Visitas

free counter
Orbitz Cheap Ticket

Visitantes Online